segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

Dos estudos.


Nunca fiz uma directa a estudar. Nunca estudei mais de duas horas seguidas, nem mais de duas horas por dia. Nunca fiz um estudo diário assíduo. Nunca reprovei de ano, muito pelo contrário, sempre tive óptimas notas. Não me perguntem como porque eu não vos sei responder. A verdade é que sempre tive bastante facilidade em compreender os pontos fulcrais das matérias que me foram leccionadas (também sempre foram matérias do meu interesse) e a partir daí fundamentá-las com a minha opinião (sempre fui demasiado boa a opinar). Sempre tive uma óptima capacidade de memorização (às vezes consigo lembrar-me de conversas que tive acerca de 5 ou 6 anos atrás e como sou muito observadora não me escapa nenhum pormenor) que aliada à fácil compreensão, organização e ao meu interesse pelos diferentes temas me garantia bons resultados. A verdade é que cada um tem o seu ritmo de aprendizagem e eu sinto-me uma privilegiada com o meu. 
Se no secundário os momentos de estudo já eram raros quando entrei na universidade mais raros se tornaram, é óbvio que fazia os trabalhos que me eram pedidos, mas mais do que isso não me lembro de fazer e mesmo assim mantive as minhas boas notas e terminei o curso e o mestrado com uma média alta (e valeu-me de muito! LOL)
A única vez em que eu me lembro de ter estudado foi para a frequência de Linguísticos e foram cerca de 15 minutos antes da mesma. E nesses mesmos 15 minutos consegui decorar o tipo de consoantes e vogais existentes na Língua Portuguesa e quais as suas características, matéria que os meus colegas de turma andaram semanas a tentar assimilar. 
Confesso que o que me dava gozo, enquanto estudante, era conseguir tirar melhores notas que os meus colegas (principalmente aqueles que eram insuportavelmente irritantes e tinham a mania que eram os melhores) sem ter de me esforçar muito, sem ter de passar horas a fio a estudar. 

Considero-me uma pessoa inteligente, mas não me considero nenhum génio. Tenho noção que a minha falta de estudo não é exemplo para ninguém. 

De qualquer forma isto já é coisa de família, a minha mãe diz que era tal e qual eu e a minha irmã a quem  eu nunca vi estudar, desde o 10º ano que foi sempre considerada a melhor aluna da escola.


64 comentários:

  1. Que sorte :)
    Tens uma capacidade que dá muito jeito :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim dá mesmo. E ainda bem que a tenho porque não faz parte do meu feitio ficar muito tempo a fazer a mesma tarefa e assim teria sido muito mais difícil obter bons resultados. :)

      Eliminar
  2. eu fiz uma vez directa...para fazer um dossier na faculdade (não foi para estudar) e jurei que nunca mais xD e pronto...foi a primeira e ultima vez xD acho que uma boa noite de sono punha-me em condições para no dia seguinte estudar...mas mesmo assim, nunca perdia muito tempo!!! xD também não me posso queixar da minha média...mas o meu curso era basicamente prático...quase não tinha teoria!!! Que media tiveste na Licenciatura? E no Mestrado?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tive 16 na licenciatura e 17 no Mestrado. :)
      O meu curso era extremamente teórico, teorias sem interesse nenhum para o curso em questão. Coisas que nunca vamos por em prática na nossa vida profissional. Ensinarem-nos a dar aulas e a "enfrentar" uma turma, que era o que mais nós precisávamos ninguém o fez. Tivemos de aprender a desenrascar-nos sozinhos. LOL
      Para fazer dossiers e portfólios também fiz algumas... lembro-me de uma vez eu e a minha colega de casa ficarmos até às 6 e meia da manhã a fazer um livro gigante para o estágio, numa noite de inverno antes da festa de Natal... Como o estágio começava às 9 não valia a pena deitarmos-nos... Decidimos ir dar uma volta de pijama pelo quarteirão para fazer tempo. LOL

      Eliminar
  3. "Nunca estudei mais de duas horas seguidas" eu quando era mais novo conseguia, agora não! tenho de fazer pausa

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu nunca consegui, não consigo fazer a mesma tarefa durante muito tempo seguido... xD

      Eliminar
  4. Da me um bocadinho do teu dom que estou a precisar

    ResponderEliminar
  5. quem me dera ser assim :o infelizmente sou trabalhadora estudante e preciso mesmo de estudar diariamente :x

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nesse caso é mais complicado, é necessário um esforço maior.

      Eliminar
  6. Sortuda! Eu também não sou daquelas pessoas que passa uma noite a estudar nem nada, até agora só me deitei a tarde e a más horas por causa de um trabalho, de resto, nem pensar. Por exemplo, matéria de Geografia, que é extensa, eu numa hora despacho-a. Sou mais ou menos como tu.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu a fazer trabalhos fazia noitada. Na universidade onde eu estudei muitas vezes éramos aconselhados pelos professores a alterar algumas coisas nos trabalhos de um dia para o outro, principalmente nas cadeiras em que tínhamos de fazer trabalhos anuais. :)

      Eliminar
  7. Valeu-te de muito a média na universidade ou era sarcasmo ? :)

    ResponderEliminar
  8. Respostas
    1. Cada um tem o seu ritmo e o importante é adaptarmos-nos ao nosso próprio ritmo. :)

      Eliminar
  9. Que sorte teres sido assim enquanto estudante. Eu também nunca fui muito de estudar, apenas estudava no dia antes do teste e pronto mas as notas não eram nada de geito, mas chegava e eu continuava assim.
    Em relação à faculdade, no meu 1º ano fiz uma directa, e depois no 3ºano fiz 3 directas seguidas, parecia um "morto vivo" e outras tantas vieram mas não seguidas. Estas directas não eram a estudar mas a fazer trabalhos práticos, o meu curso era 90% pratico. Ao inicio custa mas depois de fazer a 1ª directa as outras já eram "canja" pior é recuperar e a dose de cafeina que ingeri. O mais engraçado é que as directas eram sempre em grupo e tinhamos aquelas fases da maluquice que só dava para rir.
    Beijinho e boa semana :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu com trabalhos, dossiers e portfólios também fiz algumas, mas sempre-me aguentei bem à custa do Red Bull. E como eram feitas em grupo enquanto trabalhávamos íamos mandando umas boquinhas e piadinhas e até acabavam por ser noites que se passavam bem. :)

      Beijinho e boa semana ♥

      Eliminar
  10. Respostas
    1. Ui, não queiras, temos todos um feitiozinho muito vincado. xD

      Eliminar
  11. Eu já fiz direta a estudar.
    Já me enchi de café ate nao puder mais.
    Ainda agora estudo muito melhor de noite

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Felizmente eu nunca precisei de o fazer. Mas sempre gostei de trabalhar mais de dia para poder aproveitar a noite. :)

      Eliminar
  12. ohh que sorte =(
    Eu mato-me a estudar e tenhos notas medianas, tipo 12, 13 ou 14, raramente tive mais alta =(
    Tens sorte!!
    Agora na faculdade acho que estou a estudar mais que o normal, antes nem estudava muito, mas agora tenho mesmo que estudar =(

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu na faculdade comecei a estudar ainda menos. E considerei mais fácil a universidade. Acho que de todos os meus anos de estudo, o mais difícil de todos foi o 8º.

      Eliminar
  13. és super inteligente, mas tb tenho muita facilidade de memorização ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Considero-me inteligente, mas nada de outro mundo. ) É óptimo ter uma boa capacidade de memorização, mas também conta muito termos uma opinião própria acerca dos diferentes temas. :)

      Eliminar
  14. Eu tinha a mania de estudar um dia antes do exame e no máximo umas 2/3 horas :P

    Beijito*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu nunca precisei de estudar muito, felizmente. :)

      Eliminar
  15. isto é basicamente o que eu respondo quando me perguntam como faço xD já não me sinto tão sozinha no mundo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muitos dos meus colegas da universidade enquanto não me conheciam assim tão bem comentavam que assim eu não ia conseguir fazer nenhuma cadeira, nunca me viam estudar e sabiam que eu andava sempre na noite... Mas a verdade é que nunca precisei de me esforçar muito para ter boas notas.

      Eliminar
  16. Eu estudo melhor à noite mas nunca fiz directas.
    Fazes parte do 'grupo dos mete nojo' ahah. Boas notas sem estudar muito.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Faço mesmo, sempre obtive bons resultados sem muito esforço. :)

      Eliminar
  17. Eu também sou um bocado assim e é mesmo muito bom. Já estudei mais de duas horas seguidas e mais de duas horas por dia, mas a maioria das vezes consigo evitar esse tipo de situações. Ajuda muito ter uma boa capacidade de memorização...isso do tipo de vogais e consoantes em Português demorei meia hora a decorar mas até hoje ainda não me esqueci :P de que área é o teu curso? é que identifico-me imenso com o que tu dizes sobre ele xD

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A minha área de formação é a educação, mais propriamente o curso de professores de 1º Ciclo, o mestrado também é na mesma área mas é referente ao 2º ciclo. :)

      Eliminar
    2. awww, é parecida com a minha. Eu estou a tirar o curso para, se tudo correr bem, tirar Mestrado de Ensino de Português (3º ciclo e secundário) :)

      Eliminar
    3. Eu fico-me por este mestrado, não quero mais estudos. xD Já tive a minha dose. :p

      Eliminar
    4. como eu te percebo! Eu estou no primeiro ano do curso e já estou pelos cabelos. Se tudo correr bem também paro no mestrado...e já é muito.

      Eliminar
    5. Eu se fosse agora nem mestrado tinha tirado. Foi uma perda de dinheiro e tempo... Porque em termos de aprendizagem não fiz mais nenhuma relevante. :/

      Eliminar
  18. Eu estudei pouco e tardiamente. Aos trinta e cinco anos não me senti motivado pelas palavras do meu melhor professor de sempre, que me aconselhava a prosseguir em qualquer área. Mas eu nunca fui de me esforçar muito e tinha uma vida para viver. Começar a trabalhar aos 11 anos e estudar depois dos 30, já foi um grande sacrifício. E nunca soube estudar. Começava a folhear um livro e achava que já sabia tudo... o mais importante era o que apanhava nas aulas. Por isso é que me incompatibilizei com alguns colegas que passavam as aulas a conversar e não me deixavam concentrar. :P
    Depois queriam ajuda e eu mandava-os levar na oca. eheheh

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Felizmente eu tive a possibilidade e a facilidade de estudar, porque reconheço que há muita gente com imensas capacidades que nunca tiveram a mesma sorte que eu.
      Ainda bem que sempre tive facilidade em obter bons resultados sem muito esforço, porque também nunca tive muita paciência para estar fechada horas e horas a fio a estudar e tal como tu, sempre julguei que sabia tudo ao folhear os livros. xD
      Porque não estudares agora? É sempre uma boa altura para aprendermos um pouco mais. :)

      Eliminar
  19. Fazes o que conseguires :) gostava muitoo que participasses (:

    ResponderEliminar
  20. Vá, empresta-me lá essa tua cabecinha para os meus exames :P

    ResponderEliminar
  21. Respostas
    1. Também não me imagino a ter de estudar horas a fio. :p

      Eliminar
  22. Oh, eu sei disso, mas saber desta viagem assim, de repente, deixou-me desnorteada ;s

    ResponderEliminar
  23. Eu também pouco estudei, e se soubesse o que sei hoje ainda me tinha poupado mais :p

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu não me podia ter poupado mais, nunca me "matei" muito. :)

      Eliminar
  24. És uma sortuda. Eu também nunca fui de estudar muito, aliás sempre fui daquelas que estudavam na véspera quer quando andava no secundário quer quando andava a fazer a licenciatura, mas nessa véspera tinha de estudar mais do que 15 minutos! xD

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu felizmente nunca precisei de me esforçar muito. Acho que se tivesse de o fazer não ia ter tão bons resultados, porque não faz parte do meu feitio fazer uma tarefa por horas a fio. xD

      Eliminar
  25. Cada um tem os seus métodos de estudo e se tu tens bons resultados assim então não tens que mudar nada!
    Até ao 9º ano eu passada o meu tempo livre em casa a estudar, não saia com os meus amigos ao fim-de-semana nem nada... Quando fui para o 10º e até agora, na faculdade, deixei de estudar tanto. Continuo a estudar mas não exagero e às vezes até meto outras coisas em primeiro lugar. Curiosamente as minhas notas continuam a ser boas, não me posso queixar :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo plenamente contigo, é como o meu namorado diz "Em equipa vencedora não se mexe". xD
      O importante não é o tempo despendido a estudar, mas sim a qualidade desse tempo.

      Eliminar
  26. Que sorte pá :) Quem me dera ter a tua memória, a minha é uma tristeza :S

    ResponderEliminar
  27. Estúpida pá! Fizeste-me sentir tão burrinha xD
    Eu farto-me de estudar (vá, podia estudar mais, mas perco várias horas) e nada...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não és nada burrinha sua tonta. :)
      Cada um tem o seu método princesa, já experimentaste outras formas de estudar?

      Eliminar
  28. Depois de ler isto apetece-me chorar...


    Beijinhos :)

    ResponderEliminar

Never look back, if Cinderella went back to pick up her shoe, she wouldn't have become a princess ♥